Estimamos que esse problema pode ter afetado cerca de 40 milhões de brasileiros, consequentemente, 200* milhões de contas de FGTS!

O número equivale à quantidade de contas de FGTS que cada trabalhador detém a partir de 1999, portanto, são milhões de contas de FGTS passíveis de revisão dos seus saldos.

Fonte: *Relatório de Administração/2018 Superintendência do FGTS

Encontrou sua resposta?