Sim, os herdeiros tem o direito de solicitar a revisão, mas existem algumas particularidades.

Houve inventário? Se houve, foi judicial ou extrajudicial?

1. Se houve inventário judicial, o autor deverá ser o espólio representado pelo inventariante. Deve-se juntar a nomeação do inventariante pelo juiz no inventário aos documentos normais da causa.

2. Se houve inventário extrajudicial, o autor deverá ser o espólio, representado pelo inventariante. Deve-se juntar a escritura de inventário aos documentos da causa (onde conste a nomeação do inventariante).

3. Se não houve inventário é necessário aos herdeiros pedirem um alvará na Vara de Família e Sucessões pedinto autorização para o ajuizamento da ação. Para este alvará é necessário advogado.

O FGTS é propriedade do trabalhador, e como tal se sujeita às regras de herança, transmitindo-se o direito aos herdeiros como qualquer outro bem.

LOIT, SEU POR DIREITO!

Artigos relacionados:

O que é o FGTS? Eu tenho?

Entenda qual Direito está em jogo na revisão do FGTS

Orientações para entrar com a ação de revisão do FGTS

Execução do cálculo através da LOIT FGTS

Central de ajuda

Acesso ao sistema

Encontrou sua resposta?